O site do cancro da mama está com problemas pois não tem o número de acessos e cliques necessários para alcançar a quota

Gosta de Crianças? Gostaria de fazer disso Emprego? Veja aqui como o pode fazer >

mamografia

Agradeço que reencaminhes 93% não o fará…

O único pedido é que mantenhas isto a circular, ainda que só seja para uma pessoa mais.
Pela memória de alguém que conheças que foi vencido pelo cancro ou que ainda vive com ele.
Uma vela não perde nada quando acende outra vela.

Instituto do Cancro da Mama

Pedido importante…
Repassem 10 amigos para que repassem a outros 10 amigos ainda hoje!

E assim ajudaremos a manter este site tão importante.

http://www.thebreastcancersite.com/

O Instituto do Cancro da Mama está com uma importante campanha.
Cabe a nós atendermos sua solicitação e ampará-lo, pois se depender do Governo será o seu fim…
Vamos manter o site do cancro da mama?
Não custa nada.
O site do cancro da mama está com problemas pois não tem o número de acessos e cliques necessários para alcançar a quota que lhes permite oferecer UMA mamografia gratuita diariamente a mulheres de baixo rendimento.
Demora menos de um segundo ir ao site e clicar na tecla cor-de-rosa que diz ‘Campanha da Mamografia Digital Gratuita’.
Não custa nada e é por meio do número diário de pessoas que clicam, que os patrocinadores oferecem a mamografia em troca de publicidade Continue reading

Cuba torna-se o primeiro país a eliminar transmissão do VIH de mãe para filho

cuba sida

“Eliminar a transmissão de um vírus é um dos maiores feitos em matéria de saúde pública”, afirmou a diretora-geral da OMS, Margaret Chan, num comunicado.

Gosta de Crianças? Gostaria de fazer disso Emprego? Veja aqui como o pode fazer >

“É uma grande vitória na nossa longa luta contra o vírus de imunodeficiência humana (VIH) e as infeções transmitidas sexualmente, assim como Continue reading

Criança Que Estuda na Rua Comove o Mundo

crianca estuda luz das ruas

Daniel aproveita a luz da rua para estudar, porque não tem eletricidade em casa
A imagem foi publicada na página de Facebook de Joyce Gilos, que disse sentir-se inspirada pelo menino, que se chama Daniel. A partir daí, sucederam-se as partilhas e o caso chegou à Imprensa.

Daniel foi fotografado numa rua de Cebú, nas Filipinas, um país onde 17% da população não tem acesso à rede de eletricidade, segundo dados de 2010 do Banco Mundial.

Ao jornal “El Comercio”, Joyce Gilos disse que “como estudante, ele foi uma inspiração para trabalhar mais. Tenho a sorte de os meus pais me terem podido mandar para a escola. Eu vou estudar para cafés. Este menino mexeu comigo”.

“como estudante, ele foi uma inspiração para trabalhar mais. Tenho a sorte de os meus pais me terem podido mandar para a escola. Eu vou estudar para cafés. Este menino mexeu comigo”.

Gosta de Crianças? Gostaria de fazer disso Emprego? Veja aqui como o pode fazer >

UM NÓ NO LENÇOL

no lencol

Numa reunião de pais numa escola da periferia, a directora realçava o apoio que os pais devem dar aos filhos e pedia-lhes que estivessem presentes durante o maior período de tempo possível…
Considerava que, embora a maioria dos pais e mães daquela comunidade trabalhassem fora, deviam encontrar tempo para se dedicarem e compreenderem os filhos.
A directora ficou muito surpreendida quando um pai se levantou e explicou, de forma humilde, que não tinha tempo de falar nem de ver o filho durante a semana pois, quando ele saía para trabalhar, o filho ainda estava a dormir e, quando voltava do trabalho, o garoto já não estava acordado.
Explicou, ainda, que tinha de trabalhar assim para sustentar a família, mas que ficava angustiado por não ter tempo para o filho e que tentava redimir-se indo beijá-lo todas as noites quando chegava a casa.
E, para que o filho soubesse da sua presença, dava um nó na ponta do lençol que o cobria.

Procura emprego? Saiba Aqui como se tornar auxiliar de Medicina Dentária >

Fazia isto religiosamente todas as noites quando o beijava.
Quando o filho acordava e via o nó, sabia assim que o pai tinha lá estado e o tinha beijado.
O nó era o meio de comunicação entre eles.
A directora emocionou-se com a história e ficou surpreendida quando constatou que o filho deste pai era um dos melhores alunos da escola!
O facto faz-nos reflectir sobre as muitas maneiras de as pessoas estarem presentes e de se comunicarem com os outros.
Este pai encontrou a sua, simples mas eficiente.
E o mais importante é que o filho percebia, através do nó afectivo, o que o pai lhe queria dizer.
Gestos simples, como um beijo e um nó na ponta do lençol, valiam para aquele filho muito mais do que os presentes ou as desculpas vazias.
É por esta razão que um beijo cura a dor de cabeça, o arranhão no joelho, o medo do escuro.

As pessoas podem não entender o significado de muitas palavras, mas SABEM registar um gesto de amor.
Mesmo que esse gesto seja apenas um nó num lençol… <3

~Autor desconhecido~