As 10 regras para fazer o filho dormir a noite toda?

bebe dormir bebe dormir

Sempre fui completamente CONTRA a técnica do livro “Nana, Nenê”. Não me identifico com a ideia de deixar o bebê chorando no quarto sozinho. Além disso, o Olavinho, meu primeiro filho, não me deu o menor trabalho para dormir e desde muito cedo dormia a noite toda, então pensava que a maioria dos bebês devia ser assim.

E para a minha surpresa, a Ana Helena, minha segunda filha que já está com 7 meses, ainda acorda de 2 a 3 vezes por noite e é só dando de mamar que consigo fazê-la voltar a dormir! Estou me sentindo uma “zumbi” ambulante, muito cansada… Pela primeira vez estou considerando a ideia de aplicar o método Nana, Nenê! Ainda não comecei e não sei se vou ter coragem, mas estou lendo bastante sobre a técnica para entender melhor como funciona!

Captura de Tela 2013-09-29 às 22.50.09

Mas, afinal de contas, no que se baseia o Nana, Nenê? Basicamente, consiste em educar o hábito do sono, para que a criança adormeça sozinha e, assim, se ela despertar durante a noite saberá dormir novamente sem a ajuda de um adulto. Isso faz todo o sentido! Imagine se você sempre dorme na sua cama e de repente, quando acorda, percebe que está numa gaiola!!!! Acho que ia chorar também, né?

É essa mesma lógica que o livro mostra quando diz que devemos ensinar o bebê a dormir sozinho. Se ele dormir mamando ou no colo e acordar no meio da noite sem a mamadeira ou o peito… é claro: ele gritará!

Eu já ouvi falar muitas coisas a respeito do Nana, Nenê. Para algumas crianças funcionou muito bem; para outras, funcionou por um tempo e depois os problemas de sono voltaram; e para algumas, foi um completo desastre! Por conta disso ainda não estou 100% segura! Meu coração de mãe não permite deixar um filho chorando sozinho, mas pode ser que eu esteja errada!

Procurei fazer um resuminho e listei as 10 regras do livro “Nana, Nenê”, para ajudar aquelas mamães que estão pensando em iniciar esse processo.

Captura de Tela 2013-09-29 às 22.48.20

1) Seja firme, seja forte!

A regra nº 1 é estar segura do que se está fazendo. Confie e seja forte em seus propósitos!

2) Tudo começa com a rotina!

Rotina é tudo para um bebê. É o que deixa a criança segura porque assim ela sempre sabe o que virá a seguir. Por isso, desde cedo, estabeleça uma rotina para o seu bebê: hora de comer, hora das sonecas, hora de brincar, hora do banho e hora de dormir.

3) Organizando a rotina!

O livro sugere que o banho seja dado no fim do dia, para relaxar e acalmar a criança, em seguida a mamadeira, uns minutinhos calmos com o papai ou a mamãe e hora de ir para a cama!

4) Crie um ritual!

Desenvolver um ritual em torno da ação de ir para a cama (pode ser cantar uma cançåo, contar uma história…) ajuda a criança a adormecer. E, o mais importante: a criança passará a associar o momento do sono à um momento agradável, que antecede a hora de ficar sozinha para dormir.

5) Deixe a criança sozinha!

Coloque a criança no berço, se afaste um pouco e fale com muita calma: “Agora você vai dormir no seu bercinho, durma bem, mamãe te ama, boa noite”. Os pais devem sair do quarto antes que a crianca adormeça. Explique que o papai e a mamãe vão esperar fora do quarto, dar boa noite e sair. É nessa hora que o desafio começa

6) Em caso de choro…

Agora começa a história do “choro controlado”: os pais devem entrar no quarto a intervalos regulares, para dizer para a criança que estão por ali, dar confiança, e então sair novamente.

7) Controle a ansiedade para entrar no quarto!

Vejam na tabela abaixo os intervalos de tempos que o método sugere para que os pais voltem a entrar no quarto:

tabela

8) Os intervalos!

Estes tempos valem tanto para quando se põe a criança na cama pela primeira vez às 20h30, como para quando ela acorda no meio da noite. Eles vão aumentando progressivamente segundo as técnicas comportamentais de esgotamento, até a criança compreender que chorando não conseguirá nada e conciliar o sono sozinha. Os tempos também irão aumentando com o passar dos dias.

9) Caso o bebê acorde durante a noite: 

A presença da mãe durante a noite é importante quando o choro se torna mais intenso. Mas isso não significa retirar o bebê do berço e sim, ficar em pé ou sentar-se próximo a ele. Segundo a técnica, para acalmar o bebê durante essa fase de treinamento é permitido:

– Oferecer chupeta, afagar ou dar batidinhas de leve com a mão, com um brinquedinho ou com um cobertorzinho em sua barriguinha.
– Conversar com o bebê (bem baixinho) dizendo que a mamãe e o papai estão ali e que o amam.
– Mudar a criança de posição, ligar música no móbile, mostrar um brinquedo que ela goste muito.

10) E dá-lhe paciência!

E por último, todas as mamães devem ter muita paciência e persistência para aplicar o método!

E vocês, já aplicaram o Nana, Nenê? Deu certo? Seus filhos dormem bem? Têm dicas para o bom sono das crianças?

Fonte: Fábrica de mamãe Mães à obra e Just Real Moms

Mais coisinhas para crianças:


Comments

comments

Powered by Facebook Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *