Porque é que os pais devem dizer «não»?

pediatra mario cordeiro
Porque é que a criança diz «não» com frequência?
Dizer «não» expressa o contrariar o desejo intrínseco da criança em ser omnipotente, egoísta e narcísica, é uma pulsão que existe em todos os seres humanos. O «não» e o estabelecimento de limites são fundamentais para o desenvolvimento de uma pessoa estruturada e sensível, solidária e participativa, e com maior aptidão para se integrar na sociedade e ser mais facilmente feliz.

Qual a importância de os pais distinguirem o «sim» e o «não»?
É importante que digam sim para eles e não para a criança, relativamente à mesma coisa, por exemplo: eu posso comer e tu não. Estatutos diferentes, pessoas diferentes, hierarquias diferentes. Não deve sequer haver demasiadas explicações. Quanto muito podem dizer «um dia, quando cresceres, terás acesso a isto».

Deve a resposta dos pais à criança ser sempre justificada?
Explicada sim, demasiado justificada não, ou parecerá haver algo escondido ou algum complexo de culpa da parte dos pais. Explicar sim, para que as crianças vão entendendo a base e o racional das decisões que se tomam. O «sim» e o «não», sem mais nada, são actos ditatoriais e que manifestam desprezo pelos outros.

De que modo cuidar e educar nesta fase contribui para a construção da criança como pessoa?
De um modo tão intenso e determinante que a maioria das pessoas tem dúvidas em acreditar. Os três primeiros anos de vida são fundamentais para sermos melhores pessoas e evitarmos os impulsos narcísicas e omnipotentes, aprendermos a respeitar o espaço e a pessoa do outro e a aprender regras sociais.

fonte

Mais coisinhas para crianças:


Comments

comments

Powered by Facebook Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *